Artistas ocupam prédio em Fortaleza contra fim do Ministério da Cultura


Artistas, produtores culturais e servidores da cultura ocuparam na manhã desta terça-feira (17) o prédio do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) no Centro de Fortaleza. O grupo protesta contra a fusão dos ministérios da Cultura e da Educação, definido no governo do presidente interino Michel Temer.

Segundo a produtora cultural Júlia D'ávila, cerca de 40 pessoas entraram no equipamento por volta de 8h30, mas mais de 60 já estavam no espaço. Eles ocupam o pátio frontal, o hall e a escadaria. Ainda pela manhã, o grupo realiza uma assembleia, para definir calendário da articulação e divisão dos ocupantes em comissões.
"A ação é reivindicando contra um governo ilegítimo e contra a extinção do ministério da cultura, nessa fusão com MEC. Acreditamos que o fim do ministério significa perder uma base fundamental para o desenvolvimento da sociedade, não só para quem trabalha com a cultura, mas também para a população", explica Júlia.

A produtora destaca que outras cidades no país também organizam atos e que o objetivo é permanecer no prédio. "Tivemos uma conversa inicial com a diretoria do iphan, pretendemos ter uma conversa com servidores", adiantou.

Mobilização nacional
A mobilização dos artistas em Brasil começou na semana passada. Na sexta-feira (13), um documento contestando a decisão de unir os ministérios da Educação e da Cultura já tinha sido enviado a Michel Temer. Ele foi assinado pela associação Procure Saber e pelo grupo de ação parlamentar Pró-Música, formados por músicos como Caetano Veloso, Gilberto Gil e Ivan Lins.

Em nota, o Ministério da Educação e Cultura reconhece a legitimidade da movimentação dos artistas contra a fusão dos ministérios. No entanto, diz que a existência de um Ministério da Cultura não garantiu a execução plena das políticas culturais. Cita como exemplo dívidas de R$ 1,6 bilhão referentes ao ano passado, mas se pôs à disposição para o diálogo.

"Queremos conversar mas o nosso objetivo principal agora, neste momento, é voltar o Ministério da Cultura com toda a sua estrutura", diz Eduardo Barata, presidente da Associação dos Produtores de Teatro do Brasil.
Artistas ocupam prédio em Fortaleza contra fim do Ministério da Cultura Artistas ocupam prédio em Fortaleza contra fim do Ministério da Cultura Reviewed by Fabiano Silva on 13:07:00 Rating: 5

Nenhum comentário