Em troca de apoio à Dilma, irmãos Ferreira Gomes exigem a presidência do BNB agora para o deputado federal Leônidas Cristino


Revoltados com a perda da presidência do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FDNE), os irmãos Cid e Ciro Ferreira Gomes “esticam a corda” e aumentam a pressão contra Presidente Dilma Rousseff neste momento de sua fragilidade. E não escondem seus apetites por cargos.

Primeiro, Cid tentou derrubar André Figueiredo do cargo de Ministro das Comunicações e colocar Ciro Gomes no Ministério da Saúde. Não colou. Dilma alegou ter outros compromissos. Agora, Cid investe pesado, com o aval do governador Camilo Santana, para nomear o novo presidente do Banco do Nordeste (BNB).

Se antes a escolha de Cid era por um nome do PP, o suplente de deputado federal Paulo Henrique Lustosa, sua estratégica mudou completamente. Nas últimas 24 horas, sua proposta ao Planalto é nomear o deputado federal Leônidas Cristino para o lugar de Marcos Holanda.

A forte ligação dos FGs com o BNB

Em 2007, o ex-ministro Ciro Ferreira Gomes foi investigado por participação em fraude de quase R$ 60 milhões envolvendo uma empresa piauiense e o Banco do Nordeste do Brasil. A denúncia foi feita pela revista Época. De acordo com o periódico, Victor Ponte, diretor de administração do BNB, responsável pela arrecadação de recursos da campanha de Ciro à Câmara Federal e a de seu irmão, Cid Gomes, ao governo do Ceará, teria beneficiado a Frutas do Nordeste do Brasil (Frutan), exportadora de limão com sede no centro de Teresina. 

Recentemente, o ex-governador do Ceará, Cid Gomes, também entrou em linha de investigação por envolvimento com o BNB. O jornalista Donizete Arruda divulgou informações de relatório da controladoria geral da união que afirma que Cid Gomes não tinha condições de conseguir o empréstimo no Banco do Nordeste (BNB) para construir o deposito da Itaipava em Sobral. As garantias apresentadas para conseguir o empréstimo não faziam jus aos requisitos do banco. Cid Gomes está sendo investigado pelo Procurador da República Alexander Sales.

“Cid Gomes conseguiu por meios ilícitos o dinheiro do BNB para construir o galpão. O dinheiro não poderia ter sido emprestado ao Cid. Foi fraude!”, frisou Donizete Arruda.

O desejo dos Ferreiras Gomes (FGs) é politizar de qualquer jeito a administração do BNB, assegurando verbas para seus aliados nos municípios e garantindo apoio nas eleições de outubro. Até o momento, nem Dilma nem o ex-presidente se empolgaram em entregar o BNB aos FGs. Nem o PT do Ceará admite essa possibilidade.

Com informações do CearaNews7 e Portal O Dia
Em troca de apoio à Dilma, irmãos Ferreira Gomes exigem a presidência do BNB agora para o deputado federal Leônidas Cristino Em troca de apoio à Dilma, irmãos Ferreira Gomes exigem a presidência do BNB agora para o deputado federal Leônidas Cristino Reviewed by Fabiano Silva on 01:18:00 Rating: 5

Nenhum comentário