Rádio Forquilha online

IPCA­15 de Fortaleza aumenta 1,41% e faz subir impostos de alimentos, transportes e educação


Por causa da inflação, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo ­15 (IPCA­15) em Fortaleza registrou alta de 1,41% em fevereiro. O aumento é apenas 0,01 ponto percentual abaixo da média nacional para este mês (1,42%).
Com o registro, o IPCA­15 na Capital acumula aumento de 2,62% no ano. Em janeiro, o aumento registrado foi de 1,20%. Considerando a taxa acumulada em 12 meses até fevereiro, o avanço foi de 11,97%. As informações foram divulgadas nesta terça-feira (23) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
Ainda de acordo com o IBGE, os aumentos nas despesas das famílias com alimentos, transportes e educação foram responsáveis por 75% da inflação medida pelo IPCA­15 de fevereiro. Alimentação ebebidas teve aumento de 1,92% no mês, o equivalente a um impacto de 0,49 ponto porcentual. Ostransportes tiveram alta de 1,65%, contribuição de 0,30 ponto porcentual, e a educação teve aumento de 5,91% em fevereiro, impacto de 0,27 ponto porcentual. Juntos, os três grupos foram responsáveis por 1,06 ponto porcentual da taxa de 1,42% registrada.
O aumento de 1,42% verificado no País foi o maior para o mês desde 2003, quando ficou em 2,19%. O avanço observado em fevereiro de 2016 ficou 0,50 ponto porcentual acima da taxa verificada em janeiro.
IPCA­15 de Fortaleza aumenta 1,41% e faz subir impostos de alimentos, transportes e educação IPCA­15 de Fortaleza aumenta 1,41% e faz subir impostos de alimentos, transportes e educação Reviewed by Fabiano Silva on 07:01:00 Rating: 5

Nenhum comentário