Rádio Forquilha online

CARTÕES DE CRÉDITO: QUADRILHA DESVIAVA CARTÕES E CLONAVA DADOS

Suspeitos extraviavam correspondências e desbloqueavam cartões de crédito das vítimas, usando-os no mercado.

A Polícia Federal (PF) prendeu preventivamente 11 pessoas, sendo nove em Fortaleza, suspeitas de integrarem um quadrilha que tem envolvimento com crimes cibernéticos, estelionato, furto qualificado, falsificação de documento e lavagem de dinheiro. Os presos são suspeitos de desviar cartões de crédito e correspondências das vítimas para executar as fraudes.
Nove dos mandados de prisão foram cumpridos em Fortaleza; um na cidade de São Bernardo, no Estado do Maranhão; e o último em Cajazeiras, na Paraíba. Segundo a PF, duas pessoas ainda estão foragidas.


A 'Operação Malibu', deflagrada na manhã de ontem, culminou também, na apreensão de vasto material que era supostamente usado pelo bando, para a efetivação dos crimes.

De acordo com o delegado regional de Combate a Crimes Cibernéticos, Ricardo Lopes Matias, existem indícios de que carteiros estejam envolvidos com o esquema de desvios de correspondências. "Existe a suspeita de que carteiros estavam sendo aliciados por eles, para que desviassem os cartões, que chegavam até as agências, e as correspondências que as instituições mandavam para seus correntista. Os cartões, eles desbloqueavam e faziam compras no comércio de Fortaleza. E, em posse dos dados que haviam nas correspondências, falsificavam documentos em nome dos correntistas e passavam a fazer empréstimos como se fossem eles".
Por enquanto, o número de vítimas da quadrilha ainda não foi contabilizado. O bando, segundo a PF, agia no Ceará e em ouros Estados brasileiros, há cerca de quatro anos.

As prisões foram decorrentes de desdobramentos da 'Operação Olho de Boi', efetivada em 2011. Com o caminhar das apurações, ficou comprovado que eles agiam em desvios de cartões magnéticos e correspondências de 'mala-direta' de instituições financeiras; faziam empréstimos consignados fraudulentos; e falsificavam documentos.

Presos

Os presos são Reginaldo Barroso Leite, apontado como chefe da organização criminosa; Francisco Lucieude Rocha Soeiro; José Eudes dos Santos Portela Júnior; Gabriel Melo Paula Albuquerque; Francisco César Sales de Sousa Filho; Fabiana Alves Maia; Francisco das Chagas Castro de Oliveira; Luciano de Oliveira Canito; e Luiz Martins de Oliveira Filho. Estão foragidos um homem identificado apenas como 'Rafael' e a esposa de Reginaldo, Edisângela Leite de Lima.

A PF cumpriu também, 13 mandados de busca e apreensão nos endereços dos alvos e em empresas fantasmas que pertenciam aos suspeitos. Entre o material apreendido está uma impressora de cartões magnéticos, 11 cartões de crédito/débito, três RGs falsos, a cópia de um CPF falso, uma pistola calibre 380 e um revólver calibre 38.

A maioria dos criminosos já respondia por outros delitos. Reginaldo Barbosa, por exemplo, já havia sido preso em Rondônia. Apenas alguns integrantes do bando assumem a prática dos delitos, dos quais estão sob suspeitas. "É um direito deles negar, mas não temos dúvida alguma sobre a culpa deles", declarou Ricardo Matias.

Márcia Feitosa

Repórter
Fonte: DN
CARTÕES DE CRÉDITO: QUADRILHA DESVIAVA CARTÕES E CLONAVA DADOS CARTÕES DE CRÉDITO: QUADRILHA DESVIAVA CARTÕES E CLONAVA DADOS Reviewed by Fabiano Silva on 17:23:00 Rating: 5

Nenhum comentário