Rádio Forquilha online

Inscrições para Enem terminam sexta-feira; saiba como se inscrever

Como se não bastasse a rotina do curso de Arquitetura na Universidade Federal da Bahia (Ufba), a estudante Maria Clara Cardoso, 26 anos, se divide diariamente entre dois estágios, lazer e família.

O cronograma já apertado da estudante está prestes a se tornar ainda mais concorrido: Maria Clara se inscreveu para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e espera conseguir a transferência de turno do seu curso, aumentar o escore, além de pleitear uma vaga de intercâmbio pelo programa de pós-graduação sanduíche da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) ou do Ciência sem Fronteiras (CsF).
Maria Clara deixou para se inscrever no Enem na última hora: a prova será ‘passaporte’ para um intercâmbio (Foto: Almiro Lopes)


“A correria do dia a dia é grande e, apesar de já estar decidida a fazer a prova desde o início do ano, só consegui me inscrever agora”, conta Maria Clara, uma das ‘candidatas de última hora’.
A jornada para a jovem não será fácil: longe há seis anos dos conteúdos de nível médio, ela já começou a reunir o material de estudo da irmã,  que prestou vestibular há dois anos. “No momento, estou nesse dilema. Não sei como me preparar, estou perdida nesse novo sistema de pontuação”, relata a estudante.

Quem, assim como ela, está de olho em pelo menos uma das possibilidades oferecidas pelo exame nacional está na hora de correr: as inscrições para o Enem 2014 terminam às 23h59 da próxima sexta-feira (23). 

Segundo o Ministério da Educação, até as 17h20 de ontem, 5.234.113 pessoas já estavam inscritas para a prova em todo o Brasil. Na Bahia, o quinto estado com o maior número de inscrições (fica atrás de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e, surpreendentemente, do Ceará), o balanço era de 383.872 candidatos.

Para evitar a tradicional correria da última hora, a recomendação do Ministério da Educação (MEC) é se inscrever com antecedência e em horários com menor fluxo de acessos ao sistema: antes das 9h, das 14h às 17h e após as 21h. Depois de inscrito, o candidato tem até o dia 28 de maio para pagar o boleto, no valor de R$ 35, somente no Banco do Brasil. A exceção fica por conta daqueles que têm direito ou conquistaram a isenção. 

“Nós estamos fazendo agora uma média de mil inscrições por minuto. À  noite, provavelmente, ficaremos um pouco acima. Estamos preparados para muito mais, mas, é lógico, para o candidato e para nós também,  que não é bom deixar para a última hora”, afirma o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), José Francisco Soares. Responsável pela coordenação do exame, ele alerta que as inscrições para o Enem não serão prorrogadas.


Possibilidades
Quando foi aplicado pela primeira vez, em 1998, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) tinha apenas um objetivo: avaliar a qualidade do ensino médio nas escolas brasileiras. Hoje, 16 anos depois, quem se submete à prova vislumbra sete possibilidades: ingresso no ensino superior por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), pelo Programa Universidade para Todos (Prouni), participação no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e acesso às vagas gratuitas do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec).

Quem já cursa a universidade ou já concluiu o ensino superior pode tentar uma vaga no Programa Ciência sem Fronteiras (CsF), além de participar de seleções para bolsas de pós-graduação sanduíche da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

Já aqueles que têm mais de 18 anos e ainda não concluíram o ensino médio podem tentar usar o rendimento no Enem para garantir a emissão do certificado de conclusão, uma espécie de supletivo.

Marinheiro de primeira viagem, o estudante do 3º ano do ensino médio Vítor Ribeiro, 17 anos, vai tentar o Enem pela primeira vez mirando uma vaga do curso de Engenharia Mecânica. Vítor se antecipou e fez sua inscrição logo no primeiro dia. “Assim que foram abertas as inscrições, eu fiz a minha. Ouvi uns boatos sobre problemas no sistema do site e me adiantei para não acabar prejudicado”, comenta.

Para o estudante, apesar da preparação, a prova é imprevisível, o que leva o candidato a ficar mais atento às possíveis surpresas. “O perfil da prova não é muito bem definido, mas estamos nos preparando. Eu acho o Enem relativamente fácil, porém (a prova) é bastante longa e cansativa”, avalia o rapaz.


Números
O presidente do Inep, José Francisco Soares, diz que a meta estabelecida, de 8 milhões de inscritos, está no radar. “Estamos fazendo uma média de 700 mil inscrições por dia, mas, este ano, são 11 dias. No ano passado, foram 15. Eu prefiro esperar que o aluno que precisa do Enem seja inscrito e não que a gente bata um recorde. É um programa para inclusão”, aponta.

Quando foi aplicado pela primeira vez, em 1998, o Exame teve pouco mais de 157 mil inscritos. Em 2001, foi alcançado o primeiro milhão (1,6 milhão) e, somente em 2004, houve queda no número de inscritos com relação ao ano anterior.

Desde que foi reformulado, em 2009, o exame tem inscrito número maior de 3 milhões de candidatos e, no ano passado, chegou aos 7,1 milhões de inscritos. Para José Francisco Soares, a procura pelo Enem aumenta de acordo com as possibilidades.

“O Enem, hoje, abre um leque. O mais importante é o acesso à universidade. Com um único exame, a pessoa pode se candidatar, mas não é só isso. Se você for observar, 40% dos estudantes que estão em universidade privadas têm financiamento público (Fies). Agora tem o Capes, que a gente chama de graduação sanduíche, e o Ciência sem Fronteiras, que está sendo muito procurado”, enumera Soares.

Incentivo
Em escolas da rede estadual de ensino da Bahia (que até ontem tinha menos inscritos que o Ceará) já há uma campanha de incentivo para que os estudantes se inscrevam. Na Escola Estadual Senhor do Bonfim, nos Barris, a diretora, Andreia Sarraf, conta que disponibilizou o Centro Digital da unidade para que os estudantes se inscrevam na própria escola. “Os meninos que tenham alguma dificuldade em casa, a gente faz a inscrição aqui na própria escola. Tem um funcionário que fica no centro digital e ajuda os alunos a fazerem a inscrição”, explica a diretora.

Segundo ela, ainda assim, há  estudantes que deixaram a inscrição para a última hora. Para evitar que alguém fique de fora, a diretora da escola diz que posta o link para as inscrições diariamente na página da escola, no Facebook. Ela também visita todos os dias as oito turmas de 3º ano, que somam cerca de 280 estudantes. “Tem sempre alguém que deixa para a última hora, mas a gente vai aproveitar amanhã (hoje) e quinta-feira para fazer as últimas inscrições”, garantiu.
Correio da Bahia
http://www.cearaemrede.com.br/2014/05/inscricoes-para-enem-terminam-sexta.html
Inscrições para Enem terminam sexta-feira; saiba como se inscrever Inscrições para Enem terminam sexta-feira; saiba como se inscrever Reviewed by Fabiano Silva on 11:18:00 Rating: 5

Nenhum comentário