Rádio Forquilha online

Absurdo! Alimento chega a custar quatro vezes mais caro durante a Copa do Mundo.

Segundo os valores divulgados pela Fifa, o típico churrasquinho de carne vai custar nada menos que R$ 15
Dentre as opções de alimentos ofertadas ao torcedor estão um cachorro-quente, que custará R$ 10, e um cheeseburguer, que sairá por R$ 13
FOTO: BRUNO GOMES

Os torcedores que forem assistir aos jogos da Copa do Mundo nos estádios devem preparar o bolso. Isso porque, os valores dos alimentos e bebidas, divulgados ontem pela Fifa, que estarão à venda nas arenas, podem custar quase quatro vezes mais do que o valor de mercado.

Em pesquisa direta realizada pelo Diário do Nordeste em supermercados de Fortaleza foi possível verificar uma variação de até 265% em produtos comercializados nos locais de jogos. É o caso de um refrigerante de 600 ml, que no estádio estará à venda por R$ 8, mas pode ser comprado pelo consumidor no mercado por R$ 2,19. Outro produto encontrado com o valor bem acima do comercializado nos supermercados foi a cerveja nacional de 473ml, vendida no local de jogos por R$ 10 e que pode ser adquirida fora dos estádios por R$ 2,99. Neste caso, a variação no preço pode chegar a 234,4%.

Para se ter uma ideia, de acordo com os valores divulgados pela Fifa, o produto mais barato encontrado, na Arena Castelão, será um sorvete de 48 gramas, que será comercializado por nada menos que R$ 6. Já uma barra de chocolate de 100 gramas, encontrada no mercado por R$ 3,38, será vendida nos estádios por R$ 8. Um aumento semelhante também ocorre com um sorvete de 55 gramas, vendido por R$ 4,50 em um supermercado de Fortaleza, e que custará R$ 10 nos locais de jogos do Mundial. Nos dois casos, a variação nos preços podem ser de 101% e 122,2%, respectivamente. Outro alimento que o torcedor poderá encontrar com o preço bem "salgado" será o típico churrasquinho de carne, que vai custar R$ 15 e será servido em um pratinho com farofa.

Preços estabelecidos

Vale ressaltar, ainda, que os torcedores não terão como fugir dos preços estabelecidos, já que não poderão entrar nas arenas com alimentos e bebidas, de acordo com a Fifa, por razões de segurança. Com isso, restará ao torcedor, que desejar se alimentar, escolher entre cheeseburguers de R$ 13 e cachorros-quentes de R$ 10. Amendoim a R$ 8, pipoca e batata frita de 100g vendidos a R$ 10 são mais algumas das opções que o torcedor encontrará durante o torneio.

Mais caro

Os preços dos alimentos vendidos durante o Mundial, neste ano, também estão acima do verificado durante a Copa das Confederações em 2013. Os valor da cerveja nacional, por exemplo, que, em 2013, custava R$ 9, neste ano, subiu para R$ 10. Já a cerveja internacional também teve variação de preço, antes custava R$ 12, agora R$ 13.

Raíssa Hilgenberg
Repórter
Absurdo! Alimento chega a custar quatro vezes mais caro durante a Copa do Mundo. Absurdo! Alimento chega a custar quatro vezes mais caro durante a Copa do Mundo. Reviewed by Fabiano Silva on 11:00:00 Rating: 5

Nenhum comentário