http://www.sobral24horas.com/2014/04/ceara-conquista-tetracampeonato-cearense.html

Vovô e Leão fazem mais um empate sem gols em uma final repleta de tensão até o fim. Alvinegro comemora 4ª título consecutivo no ano do centenário
O primeiro presente de aniversário em 2014 chegou. Com sofrimento, com emoção até o fim. Com tudo que um título sobre o maior rival tem direito. O Ceará empatou na noite desta quarta-feira (23) na Arena Castelão sem gols com o Fortaleza e faturou o tetracampeonato cearense no ano em que comemora 100 anos de história.

No primeiro tempo as duas equipes tiveram muitas oportunidades e o Fortaleza esbarrou na boa atuação do goleiro alvinegro Luis Carlos. Vovô e Leão fizeram um segundo tempo em ritmo frenético, mas novamente faltou pontaria e a bola acertou mais as redes pelo lado de fora. Agora, o Ceará volta todas as atenções para a Série B do Campeonato Brasileiro. Já o Fortaleza se prepara para a estreia na Série C. 

Luis Carlos, o herói

Diferente da primeira partida da final do Cearense, as duas equipes mostraram estar mais aguerridas e brigando por cada espaço no campo. Nem mesmo o atraso de 10 minutos tirou a emoção da torcida nas arquibancadas. O Fortaleza começou pra cima e o Ceará aproveitando os erros de passe tricolores para partir no contra-ataque.

Essa maneira de jogar dos dois logo proporcionou bons lances de perigo. Com seis e sete minutos, Luís Carlos salvou um chutaço de Eduardo Luiz e chute à queima-roupa de Robert. Nada que o Ceará não respondesse com Samuel Xavier em chute de longe que passou com perigo.

A pressão dos dois lados continuava a cada lance. E, dentro de campo, a força ofensiva de Vovô e Leão crescia proporcionalmente à empolgação das torcidas. E tanto foi verdade que o estádio quase veio abaixo na bola na trave de Marcelinho Paraíba e no gol perdido por Felipe Amorim na falha de Radar. E assim, o primeiro tempo correu com ataque e contra-ataque e muitos gols perdidos.

Mais chances perdidas

Na segunda etapa, enquanto as duas torcidas repetiam a agitação dos 45 minutos
iniciais, dentro de campo, o clima de disputa era o mesmo. Ceará e Fortaleza seguiam criando jogadas de perigo. O Vovô era mais ofensivo e se aproveitava do nevorsismo e do mal posicionamento da defesa tricolor. Tanto que a chance mais real até os 20 minuntos, antes da parada técnica instiuída no estadual, para reidratação dos atletas, foi um chute de Bill cara a cara com o leonino Ricardo.

E como a emoção só crescia, as duas expulsões aumentaram a tensão do lado de fora. Max Oliveira, do Tricolor, e Samuel Xavier, do Alvinegro, se excederam no número de faltas e levaram vermelho. Com um a menos, o futebol dos dois cresceu e, por consequência, os setores ofensivos tiveram a maior posse de bola. Bill perdeu gol claro, assim como Eduardo Luiz, do outro lado.

Fonte: Globo esporte
foto google
http://www.sobral24horas.com/2014/04/ceara-conquista-tetracampeonato-cearense.html http://www.sobral24horas.com/2014/04/ceara-conquista-tetracampeonato-cearense.html Reviewed by Fabiano Silva on 11:31:00 Rating: 5

Nenhum comentário